Portugal enfrenta um grave período de seca severa e extrema, atingindo a totalidade do território. A região de Setúbal está incluída neste cenário, sendo por isso necessário tomar medidas de combate à seca através da poupança de água. A União das Freguesias de Setúbal dá o exemplo. Saiba o que deve fazer para colaborar.

As temperaturas acima do que é considerado normal e a fraca precipitação agravaram a situação atualmente vivida no país. Portugal vive na pele as consequências do fenómeno das alterações climáticas e do aquecimento global, que se tem vindo a agravar e que leva ao aumento da ocorrência de episódios climáticos extremos.

O problema é crítico e atinge vários setores de desenvolvimento em Portugal. A região de Setúbal não escapa a este cenário.

Cabe a todos nós contribuirmos para reverter as consequências, através da procura por soluções, alteração de comportamentos e da consequente minimização de gastos associados à utilização de água

  

Atenta a esta realidade, a União das Freguesias de Setúbal associa-se ao objetivo nacional de poupança deste recurso essencial à vida e apela ao uso racional e responsável da água, propondo:

 

EM CASA:

  • Encha o lava-loiça para lavar louça, evite a utilização de água corrente;
  • Utilize a máquina de lavar loiça apenas quando estiver cheia;
  • Utilize a máquina de lavar roupa com a carga completa;
  • Prefira o duche ao banho de imersão e encurte-o – um minuto de duche gasta entre 19 a 26 litros de água;
  • Feche a torneira enquanto se ensaboa no banho;
  • Recolha a água com um balde enquanto aquece – utilize-a na sanita ou no jardim;
  • Feche a torneira enquanto lava os dentes;
  • Prefira autoclismos com duplo depósito para poder selecionar descargas mais pequenas;
  • Coloque garrafas de plástico cheias de pedras ou água nos depósitos de autoclismos para diminuir o volume gasto em cada descarga;
  • Mantenha torneiras e canalização em bom estado – uma torneira a pingar pode gastar cerca de 25l por dia;
  • Instale dispositivos de redução de caudal nas torneiras;
  • Lave a sua viatura com balde e esponja, utilizando a mangueira apenas para enxaguar;
  • Controle regularmente os seus gastos, analisando o contador e a fatura da água;
  • Se detetar uma fuga de água no espaço público, contate a entidade competente: a empresa Águas do Sado, através do sítio oficial - http://www.aguasdosado.pt/ - ou do telefone 707 109 019; a Câmara Municipal de Setúbal, por via do GAGIAS – Gabinete de Gestão de Infraestruturas de Água e Saneamento (This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.).

 

NO JARDIM:

  • Reduza a frequência e o tempo de rega dos jardins e hortas;
  • Regue em períodos de menor calor, de manhã ou ao final do dia, para evitar a evaporação da água;
  • Utilize o regador sempre que possível, evite o uso da mangueira;
  • Regue as plantas e flores com água recuperada da chuva.

 

 

A União das Freguesias dá o exemplo:

  • Reduziu a rega de jardins;
  • Encerrou fontes decorativas a funcionar em circuito aberto;
  • Restringiu a lavagem de ruas;
  • Cancelou a lavagem de viaturas.

 

A água é um recurso essencial à vida, sem ela não podemos viver.

Poupe água e proteja o ambiente. O gesto de cada um faz toda a diferença!

 

Para obter mais informações sobre este assunto, consulte os links:

 

Programa Nacional para o Uso Eficiente da Água

Comissão de Acompanhamento da Seca

Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos

Instituto Português do Mar e da Atmosfera – Monitorização da Seca

Câmara Municipal de Setúbal – Recomendações Ambientais

Câmara Municipal de Setúbal – Guia de Boas Práticas Ambientais

Governo de Portugal - Campanha pelo uso cuidadoso da água

 

 

Fonte: Protecção Civil Portugal (link)

 

 

 

Ir para Início